UK Bookmakers
Imprimir

Grupo de dança do PROJARI coloca Guaíba em posição de destaque num dos maiores festivais de dança do Cone Sul

 

 

 

Grupo do PROJARI chega ao Teatro Guarani

“Senti muito orgulho em representar Guaíba e o PROJARI num dos maiores festivais de dança do Estado”. A afirmação é da jovem bailarina Tainá Alessandra Lucas de Oliveira, 16 anos. Ela integra o grupo de Dança de Estilo Livre do Núcleo do PROJARI da Comunidade São Jorge, que conquistou o segundo lugar no Festival de Dança de Pelotas, um dos maiores certames do Cone Sul da América, com expressão internacional. Tainá cursa o segundo ano do Ensino Médio na Escola EStadual Isaura Ibanez Paiva e, desde 20016, participa da oficina de dança a do PROJARI.   

O festival foi realizado no Teatro Guarani, um dos templos da cultura gaúcha, que na primeira metade do Século XX recebeu as maiores companhias de dança e teatro da Europa e da América Latina. A casa de espetáculos sempre constava nos roteiros dos grupos europeus que faziam excursões marítimas para apresentações na América do Sul, especialmente em Montevidéo, Buenos Aires e Porto Alegre. Tainá ficou impressionada ao saber da importância histórica do Teatro Guarani, para a arte no continente. “Nunca tinha entrado num teatro como esse. Me impressionou muito a beleza do teatro”, afirmou.

O grupo que participou do festival era formado por dez adolescentes bailarinos, coordenados pela professora Rosaura Alvarez Alves. Ela explica que pela primeira vez um grupo da cidade de Guaíba se apresentou no Festival de Dança de Pelotas. O grupo concorreu com a peça inédita “Chuck, o boneco dançarino”.  Essa coreografia trabalhou a representação de uma loja de bonecos de natal. “Os dançarinos são os bonecos, agregados com movimentos de dança de estilo livre”.  Rosaura explica que foi a primeira viagem para apresentação numa cidade distante. “Isso valoriza a integração do grupo, o aprendizado de saber se comportar longe dos familiares, a união do grupo e o espírito de equipe, além de profissionalmente proporcionar um grande aprendizado”.

Ela salienta que participar de um festival num teatro histórico é uma experiência inédita, algo exuberante. “Uma das coisas que impressionou o grupo foi o reconhecimento. Eles chegaram num camarim com o nome do grupo e dos bailarinos. Tiveram um tratamento como profissionais”.  A apresentação foi uma das que mais movimentou a plateia. Isso demonstra que a apresentação impactou pelo aspecto positivo. “Fizemos uma apresentação diferenciada pela criatividade”. Ela acrescenta que a entrega do grupo foi total para a apresentação, a garra foi contagiante. “Apesar de nós sermos apenas um projeto, estávamos competindo com escolas de dança”. O campeonato era para escolas de dança. “A nossa nota geral ficou acima de muitos grupos que têm especialistas em dança. A garra da equipe foi contagiante”. Além de competir, o grupo do PROJARI realizou uma bela troca de conhecimento com um grupo de dança da cidade de Mello/Uruguai, que apresentava outros estilos de dança. O intercâmbio internacional faz nosso grupo crescer, arremata a professora Rosaura.

 

Equipe do PROJARI comemora conquista com o troféu do Festival

 

 

 

The Best betting exchange http://f.artbetting.netby ArtBetting.Net

 

APOIADORES

     

        

      

      

     
  
                                            

                                                        

 

QUEM SOMOS

SEDE

Avenida João Salazar, 250 - Bom Fim, Guaíba, RS

UNIDADES

Comunidade São Francisco - Rua Estância Velha, 112 - São Francisco
Sagrado Coração de Jesus - Rua Terra Dura, 385 - São Jorge
Nova Geração - Rua D2, 165 - Cohab 

ATENDIMENTO

 Telefone: 51 3491 3266

All CMS Templates - Click Here