UK Bookmakers
Imprimir

Arcebispo Metropolitano visita Guaíba e recebe renovação de compromissos de religiosas e leigos

 

 

 

Irmãs renovam votos de consagração religiosa

A população de Guaíba viveu uma noite memorável na última segunda-feira. O novo Arcebispo Metropolitano, Dom  Jaime Spengler, foi recebido na Comunidade do Bom Fim. Ele recebeu, em nome da Igreja Católica, a renovação dos votos religiosos das Irmãs Nilva Dal Bello, Laura Gavazzoni e Angela Ribas e de outras seis religiosas da Congregação de São José. Elas renovaram o compromisso de dedicação exclusiva ao trabalho social nas comunidades, especialmente junto à crianças e adolescentes do município. Na mesma solenidade, um grupo de cerca vinte pessoas, Leigos e Leigas do Pequeno Projeto, renovaram o compromisso de apoio ao trabalho das irmãs na comunidade guaibense. O ato foi acompanhado por muitas pessoas da comunidade, lideranças sociais, pela Secretária da Educação, Lúcia Polanczyk  e pelo Vice-Prefeito Rogério Souza.

A atividade iniciou no PROJARI, quando os participantes da celebração iniciaram uma caminhada com Dom Jaime Spengler, cheia de simbolismos, cantos e orações, pelas ruas do Bairro Bom Fim, até a capela da comunidade. A celebração aconteceu no contexto  da festa litúrgica de São José. O arcebispo lembrou que o pai adotivo de Jesus era um homem justo, fiel, prudente e sonhador. "Quero pedir que vocês não percam a capacidade de sonhar com o bem, nem podemos deixar que nos roubem a capacidade de sonhar com uma sociedade justa, solidária e fraterna. Todos nós que estamos aqui devemos nos comprometer em construir uma sociedade saudável para nossa gente", provocou o arcebispo. Esta manifestação foi alusiva a atividade realizada com mais de mil crianças e adolescentes que neste ano irão frequentar as atividades no PROJARI. O arcebispo pediu que todos cuidem com carinho da educação e do desenvolvimento das crianças.

Em sua pregação, Dom Jaime mencionou que o tráfico humano é uma das chagas que rouba a dignidade do ser humano. Este é o terceiro crime mais rentável do mundo, perdendo apenas para o tráfico de armas e de droga, lembrou o arcebispo. Ele pediu que as pessoas estejam atentas e denunciem para a polícia ou para as lideranças da comunidade qualquer ocorrência de desaparecimento de pessoas, especialmente crianças e jovens que são traficadas para exploração sexual, adoção no exterior ou retirada de órgãos humanos. As denúncias podem ser encaminhadas pelos números de telefone: 181 e 100. Dom Jaime disse que os padres que trabalham em Guaíba e as irmãs de São José estão autorizadas a receber esse tipo de denúncia.

Após a celebração na Capela do Bom Fim, mais de duzentas pessoas participaram de um jantar de confraternização com as Irmãs de São José e os Leigos e Leigas do Pequeno Projeto que renovaram seu compromisso de dedicação à comunidade.

 

 

 

The Best betting exchange http://f.artbetting.netby ArtBetting.Net

 

APOIADORES

     

        

      

      

     
  
                                            

                                                        

 

QUEM SOMOS

SEDE

Avenida João Salazar, 250 - Bom Fim, Guaíba, RS

UNIDADES

Comunidade São Francisco - Rua Estância Velha, 112 - São Francisco
Sagrado Coração de Jesus - Rua Terra Dura, 385 - São Jorge
Nova Geração - Rua D2, 165 - Cohab 

ATENDIMENTO

 Telefone: 51 3491 3266

All CMS Templates - Click Here